sábado, 9 de agosto de 2008

Pimenta e refresco

Diogo Mainard acionou judicialmente o portal iG e o jornalista Luís Nassif pela série Veja: um retrato falado, em dez capítulos, na qual a Inominável e seu colunista são acusados, entre outras falcatruas, de fazer ataques sob encomenda de lobistas, em troca de verbas publicitárias.

Curioso, cara-pálida... Há menos de 2 anos, quando o jornalista e apresentador Paulo Henrique Amorim entrou com uma queixa-crime contra difamações de Mainard, este defendera que questões de imprensa devem ser resolvidas na imprensa, e não nos tribunais. “Jornalista que processa jornalista é maricas", afirmou.

2 comentários:

Lívio disse...

Manoel, a "cruzada" de Nassif contra a Inominável é admirável e louvável. No site dele (www.luisnassif.com.br) há detalhes da saga.

Num mundo ideal, a Inominável não existiria.

Manoel Almeida disse...

Lívio, se não existisse, parafraseando Balzac, seria preciso não inventá-la.