terça-feira, 29 de julho de 2008

Justiça divina

A liberdade de decisão e a consciência interior situam o juiz dentro do mundo, em um lugar especial que o converte em um ser absoluto e incomparavelmente superior a qualquer outro ser material.

Adriana Sette da Rocha Raposo, juíza do Trabalho (Santa Rita, PB), em 21/09/07.

Fonte: Conjur

2 comentários:

Lívio disse...

Socorro!

Frederico de Sousa disse...

Já sei por que você escolheu o Direito.